terça-feira, 30 de junho de 2009

Pensando a criatividade!

Achei essa linda história no blog da amiga Rosecler, www.arterosecler.blogspot.com.br
Passem lá pra conferir, tem muita coisa legal.
Ler esse texto nos faz repensar nossa postura com nossos alunos, diante do respeito à criação de cada um.
É importante estimular a criatividade das crianças e não moldá-las com regras prontas e impostas.



Era uma vez um menininho bastante pequeno que contrastava com a escola bastante grande. Uma manhã a professora disse:

- Hoje nós iremos fazer um desenho."Que bom!" - pensou o menininho. Ele gostava de desenhar leões, tigres, galinhas, vacas, trens e barcos...Pegou a sua caixa de lápis-de-cor e começou a desenhar. A professora então disse:

- Esperem, ainda não é hora de começar! Ela esperou até que todos estivessem prontos. Agora, disse a professora, nós iremos desenhar flores. E o menininho começou a desenhar bonitas flores com seus lápis rosa, laranja e azul. A professora disse:

- Esperem! Vou mostrar como fazer. E a flor era vermelha com caule verde. Assim, disse a professora, agora vocês podem começar. O menininho olhou para a flor da professora, então olhou para a sua flor. Gostou mais da sua flor, mas não podia dizer isso...virou o papel e desenhou uma flor igual a da professora. Era vermelha com caule verde. Num outro dia, quando o menininho estava em aula ao ar livre, a professora disse:

- Hoje nós iremos fazer alguma coisa com o barro."Que bom!"pensou o menininho. Ele gostava de trabalhar com barro. Podia fazer com ele todos os tipos de coisas: elefantes, camundongos, carros e caminhões. Começou a juntar e amassar a sua bola de barro. Então, a professora disse:

- Esperem! Não é hora de começar! Ela esperou até que todos estivessem prontos. Agora, disse a professora, nós iremos fazer um prato."Que bom!" pensou o menininho. Ele gostava de fazer pratos de todas as formas e tamanhos. A professora disse:

- Esperem! Vou mostrar como se faz. Assim, agora vocês podem começar. E o prato era um prato fundo. O menininho olhou para o prato da professora, olhou para o próprio prato e gostou mais do seu, mas ele não podia dizer isso. Amassou seu barro numa grande bola novamente e fez um prato fundo, igual ao da professora.E muito cedo o menininho aprendeu a esperar e a olhar e a fazer as coisas exatamente como a professora. E muito cedo ele não fazia mais coisas por si próprio. Então aconteceu que o menininho teve que mudar de escola. Essa escola era ainda maior que a primeira. Um dia a professora disse:

- Hoje nós vamos fazer um desenho."Que bom!" pensou o menininho e esperou que a professora dissesse o que fazer. Ela não disse. Apenas andava pela sala. Quando veio até o menininho e disse:

- Você não quer desenhar?

- Sim, e o que é que nós vamos fazer?

- Eu não sei, até que você o faça.

- Como eu posso fazê-lo?

- Da maneira que você gostar.

- E de que cor?

- Se todo mundo fizer o mesmo desenho e usar as mesmas cores, como eu posso saber o desenho de cada um?

- Eu não sei...E então o menininho começou a desenhar uma flor vermelha com o caule verde...

Helen Buckley

10 comentários:

Vânia Morais :D disse...

oi linda
te foereci um selinho
ja conhecia sobresse texto
interessante muito
bjs mil

Anônimo disse...

Oração da amizade...

Jesus, obrigada por tudo com o que o Senhor
me presenteou até agora.
Obrigada pela saúde que não me faltou,pela minha família, pela minha casa,
pelo alimento que nela entrou, pelo trabalho.
Obrigada por tudo o que me deu com amor,como ensinamento.

Ah Senhor....
Quero agradecer especialmente por um ser humano que cruzou o meu caminho.
Este ser humano Jesus,
Tornou-se um grande e eterno amigo...
Uma pessoa que já é tão especial pra mim...
Peço Senhor que ilumine todos os seus passos
e o guarde de todo mal.
Traga sua família sempre unida...
abençoando cada membro dela.
Quero agradecer-lhe Jesus, de todo coração,
Pois entre tudo que ganhei,
Este foi o maior e melhor presente.

Ahh, esqueci de dizer:
A pessoa a quem me refiro é a mesma que está acabando de ler essa mensagem."
Amém...
Edimar Suely
jesusminharocha.blig.ig.com.br

Anônimo disse...

Olá amiga, o nome do meu blog não tem o "br" no final, www.artesrosecler.blogspot.com, mil bjs, amei o comentário!!!

Cristina disse...

é duro... infelizmente, isso acontece demais! E infelizmente, a escola é uma instituição que, por princípio, molda os sujeitos. Sim, gente, a verdade é essa!!! Felizmente, há uns poucos que fazem a diferença. E são por estes que ainda sonho e acredito com e num mundo pelo menos um pouco melhor e numa educação significativa, sem tantos tambores > "O tambor faz muito barulho, mas é vazio por dentro". Barão de Itararé
A gente tem escutado muito discurso e práticas que não se encontram com os blábláblás!!! Hoje mesmo fiquei revoltada com isso ao ver, com nitidez, um tambor em ação.Lamentável!
Nina, parabéns por postar esse texto. Seu conteúdo é sério demais!
Bom ter vc como colega! Vc é dessas que fazem a diferença!
bjs

Anônimo disse...

oiiiiiiiiii prof.........
naun consegui achar nossas fotos da turma 55:(
bjuuu

Vânia Morais :D disse...

oieeeeeeeeeeeeeee
estou passando pra falar q no meu bloguinho tem um selinho
diferente...passa lá pra ver

beijocas mil no coração

Aline, Paula e Cris disse...

Olá Nina! Estamos aqui para parabenizar você pelo lindo blog e pedir pra vc passar lá no nosso e responder a nossa enquete!! Tá super legal!! A sua opinião é muito importante!! Acreditamos que você pode fazer algo mais pela educação de nossos pimpolhos!! Obrigada!!
bjinhus e Paz!!

Viviane Patrice disse...

Adorei o teu blog, as atividades são ótimas para esse recomeço de aula! Te convido a visitar o meu tb! bjs

Mari disse...

oi, conheço o seu blog a pouco tempo, te deixei um selinho no meu.
http://minhashistoriasinfantis.blogspot.com/

Mari disse...

Gostaria de saber que música é esta que toca quando entro no seu blog.

http://minhashistoriasinfantis.blogspot.com/